Por quê nunca mais comprarei Dell

Até pouco tempo, sempre que algum colega ou familiar resolvia comprar um notebook era comum duas coisas: Procurar o “conhecido que formou em TI” e dizer “Dell é bom né? É mais caro mas é bom né? Sem falar no pós venda”. Por conveniência e para encurtar o assunto a gente concordava com tudo, afinal de contas, a Dell era mesma uma marca respeitável e seu atendimento dava gosto. Infelizmente as coisas mudaram muito de lá para cá.

No ano passado fiz uma compra de 3 notebooks, 1 Dell, 1 Lenovo e 1 Avell. O Lenovo atendeu 100% das expectativas, o Avell além de impecável chegou antes do prazo estabelecido, já o da Dell, bem, o da Dell chegou atrasado e com problemas de desempenho. Tentei insistentemente resolver de maneira profissional o caso, no entanto, do outro lado, a postura nem sempre era profissional e por este motivo foi impossível. Abri mão do suporte, troquei o que precisava ter trocado, consegui o desempenho esperado do equipamento mas a credibilidade do equipamento junto ao seu usuário foi parar na lama.

Neste ano, resolvi substituir o notebook que uso no trabalho. Encontrei um equipamento com a configuração que eu queria no site da Dell, entrei em contato com meu representante, pedi para substituir o Windows 10 Home pelo Windows 10 Pro e trocar o HD por um SSD. Quanto ao Windows OK, quanto ao SSD, a Dell não dá suporte a SSD neste equipamento (primeira bola fora). Concordei com o caso, fechei o pedido e aguardei, eis então o motivo pelo qual eu nunca mais comprarei Dell:

O notebook chegou com a embalagem impecável, tudo lindo porém não ligava. Pressionava-se o botão de ligar do notebook, o Led do botão acendia, ouvia-se som do HD dando o “start” e em seguida a decepcionante visão de seu notebook desligando, tal qual um carro velho. Acionei o 0800 e fui atendido por uma pessoa muito educada, disposta a me ajudar mas que possuía poucos recursos.

Depois de alguns testes, troca fonte, troca tomada, liga por outro botão, etc. Constatou-se que provavelmente a placa mãe do equipamento veio em curto e que eu deveria aguardar por sete dias úteis até que outra pessoa de um nível superior entrasse em contato comigo para constatar o óbvio (que será preciso trocar o equipamento) e então eu aguardar mais 20 dias até o novo equipamento chegar (tempo que este demorou).

É inadmissível que uma empresa como a Dell não tenha identificado um problema tão grave como este em seus processos de qualidade e expedição. Outra coisa inaceitável é ter que aguardar todo este tempo para ter a sua ferramenta de trabalho em condições de uso. Isso sem contar com a política desleal de descontinuidade de equipamentos de grande porte que obriga os seus clientes a fazerem investimentos violentos com uma periodicidade ridiculamente pequena.

Uma outra informação importante: Os boletos já chegaram. Dentro do prazo, todos corretos, com cópia para o gerente financeiro e confirmação de leitura. ;). Pelo visto a Dell pegou o jeito brasileiro de fazer as coisas. E por este motivo, hoje eu gosto mais de Lenovo e Avell, e nem que eu leve horas para explicar para o meu “parente” que ele nunca mais deve comprar Dell, eu o farei com o mesmo entusiamos que escrevo este depoimento.

Tchau Dell. Foi bom enquanto durou.

Deixe seu comentário